em 

TODO O SITE  

FARM astral - setembro

20.09.17

 #FARM astral


Do final de julho até agora, atravessamos um período turbulento, com a ocorrência de dois eclipses – o primeiro, em 7 de agosto, foi lunar em Aquário, e o segundo, em 20 de agosto, foi solar em Leão. Esses dois alinhamentos entre o Sol, a Terra e a Lua reverberaram com muita intensidade até aqui. Nesta quarta-feira, 20 de setembro, enfim começamos um novo ciclo onde não haverá mais nenhum eclipse – os próximos, só em janeiro de 2018. 

O que acontece nos eclipses é que eles promovem maiores mudanças na nossa vida, seja de dentro pra fora, com a consciência dos desejos e necessidades pessoais, quanto de fora pra dentro, com os acontecimentos que independem da nossa vontade e que reconfiguram tudo. São as engrenagens do destino, cujo impacto varia pra cada um dependendo do signo e da casa astrológica que correspondem em cada mapa astral, e do quanto se está alinhado com seu propósito de vida. Porque os eclipses são processos evolutivos, revelam sombras e iluminam os caminhos que precisamos percorrer pra realizar nossa missão, ou seja, o que estamos fazendo aqui. 

Pois bem, esses eclipses ocorreram no eixo zodiacal de Leão e Aquário, que representa o nosso poder pessoal e criativo e a forma como nos conectamos aos outros, no sentido individual e coletivo. Foi um período um tanto egocêntrico e de mobilização social ao mesmo tempo. Agora, a Lua nova em Virgem que hoje abre esse novo ciclo nos permitirá reorganizar nossa vidinha, depois de tudo que se transformou nos últimos dois meses. Já estamos nessa função desde o início de setembro, mas é a partir de uma lua nova que temos de fato um reinício. E tinha que ser em Virgem, esse signo analítico, prático e dedicado, pra gente se engajar nos detalhes dessa função, porque são eles que fazem a diferençayes

Temos uma tropa astral e tanto pra estimular esse processo, que seguirá por outubro: Mercúrio, Vênus e Marte estão em Virgem também! O que significa que temos maior raciocínio lógico, valorizamos a beleza da simplicidade e estamos superprodutivos. Além disso, como Virgem representa a natureza, estamos mais preocupados com nossos recursos naturais, com a saúde e buscando ser eficientes. Caindo na real, abdicando de ilusões, identificando a origem dos problemas, fazendo o que é possível a cada momento: estamos entrando em um poderoso período de cura em muitos níveis, físicos, emocionais, espirituais. 

Virgem deu tom o do ciclo, mas do dia 22 para 23, no equinócio da primavera, o Sol vai entrar em Libra, a balança que representa a necessidade de equilíbrio. Relacionamentos, justiça e senso estético são temas deste signo que ressalta o quanto dependemos uns dos outros, seja pra amar ou pra trabalhar. Sem previsões para o fim do mundo, nada mais do que o que estamos vivendo dia após dia, nesses conflitos que, bem ou mal, revelam as nossas dualidades, porque somos feitos de luz e sombra, masculino e feminino, corpo e alma. Será que somos capazes de compreender? 


TOPO