em 

TODO O SITE  

o novo nome da Givenchy

20.03.17

 #Clare Waight Keller #givenchy


Ricardo Tisci, John Galliano e Alexander McQueen: esses nomes soam familiares pra você? Não é por menos: à frente da Givenchy, esses três estilistas fizeram história na moda e na marca, fundada pelo francês Hubert Givenchy (outro homem!) em 1927. Uma curiosidade nessa história toda? Apesar dos seus 90 anos de existência (), a Givenchy nunca teve sua direção criativa comandada por uma mulher. Até agora.


Clare Waight Keller. Esse é o nome da mais nova diretorA criativa da marca, que anunciou, na última quarta-feira, pelo instagram, a novidade. Clare, que já tem experiência em marcas como Calvin Klein e Gucci, fez muito sucesso como designer da Chloé e é responsável pela criação de vários ícones da marca, como as bolsinhas Drew Bag.  


Nascida em Birmingham, Inglaterra, Clare completou sem mestrado em moda pelo Royal College of Art, um dos mais prestigiados centros de estudo em moda do mundo. Depois de lá, se mudou pra Nova York, onde ganhou experiência nos ateliês de Calvin Klein e Ralph Lauren Purple Label, criando peças pra homens. Em 2001, trabalhou com Tom Ford na Gucci e, depois disso, liderou uma aclamada reformulação na moda da clássica Pringle of Scotland, marca inglesa. 


Algumas criações de Clare pra Chloé

Mas foi na Chloé que a designer se encontrou: no comando criativo da marca desde 2011, ela foi responsável pela supervisão de todas as peças da marca, de roupas a acessórios e flagrâncias. Nenhum detalhe escapava ao olhar atencioso e cuidadoso de Clare. Ela chegou a declarar: "Chloé dialoga comigo em diversos níveis - primeiro porque eu sou feminina. Eu amo o espírito livre e sem esforça da menina Chloé. Para mim, Chloé é  sobre aquela maravilhosa peça que você pode usar de tantas maneiras diferentes, e o espírito de confiança que você tem quando a usa. Acima de tudo, isso parece real."
 

Agora, só o que a gente pode desejar é que ela seja tão feliz e realizada na Givenchy como foi, outrora, na Chloé. De uma coisa, não restam dúvidas: podemos esperar muitas coleções maravilhosas! E que Clare sirva também de exemplo e incentivo pra que outras marcas apostem em mulheres na sua direção criativa. Só pra ter ideia, ela é a apenas a segunda mulher de todo o grupo de alta-costura LVMH (a primeira foi Maria Grazia Chiuri, na Dior), que inclui marcas superimportantes, como Louis Vuitton, Fendi, Céline e Kenzo. 

Sigamos na torcida! 

veja em novidades

outras cores >
outras cores >
outras cores >
outras cores >
outras cores >
outras cores >
outras cores >
TOPO

aperta o play

inativa